Resenha: Welcome to Night Vale

quarta-feira, 27 de setembro de 2017


Título: Welcome to Night Vale
Autor(es): Joseh Fink e Jeffrey Cranor
Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Idioma: Português BR
Páginas: 336

Sinopse: O podcast Welcome to Night Vale conta as histórias da cidade de Night Vale, uma amistosa comunidade no meio do deserto onde todas as teorias da conspiração são reais. No formato de um programa de rádio, Cecil Palmer, locutor da rádio comunitária, informa a todos as pequenas estranhezas dessa pacata cidadezinha — onde fantasmas, anjos, alienígenas e agências governamentais misteriosas e ameaçadoras fazem parte do cotidiano dos cidadãos. Desta vez, a chegada de um homem de paletó bege faz com que as vidas de duas mulheres, cada uma com seu mistério, virem de cabeça para baixo.




Esse foi um livro que assim que eu soube que ia ser lançado eu quis muito, porque eu já conhecia e adorava o podcast. Acabei me decepcionando.

A história toda é muito sem noção, mas isso eu já esperava, é claro. Só que não pensei que ia ficar cansativa a leitura de tanta coisa louca que acontece. Eu fiquei esgotada mentalmente de tanta informação.

Mesmo com as coisas loucas, existe uma trama acontecendo e aos poucos, ela vai virando o foco principal. Por conta de todo o universo criado, achei que o desenvolvimento desse problema e seu clímax seriam surpreendentes, mas não. Acaba em mais non-sensismo e você fica tipo “ah… tá”.

O que eu amei foram as passagens irônicas - e tem UM MONTE delas. Nesse ponto, o livro me lembrou O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Fiquei muito feliz quando terminei porque pensei “ufa, vou poder ler uma coisa mais normal agora” hahaha.

No final, acho que vale a pena para quando você está com vontade de ler algo totalmente diferente. Mas não serve como prioridade de leitura.

0 comentários:

Postar um comentário